Maravilhas da Bairrada

A Mata Nacional do Buçaco e Luso

A Mata Nacional do Buçaco encontra-se na Serra do Buçaco, concelho da Mealhada e, é considerado Monumento Nacional. Com 549 m de altitude, possui um microclima muito particular, devido à sua privilegiada posição geográfica. É uma das Matas Nacionais mais ricas em património natural, arquitetónico e cultural, podendo ser dividida em três unidades de paisagem: Arboreto, Jardins e Vale dos Fetos e Floresta Relíquia.

A mata da Serra do Buçaco foi mandada plantar pela Ordem das Carmelitas Descalças no primeiro quarto do séc. XVII; os Carmelitas construíram também aí o Convento de Santa Cruz do Buçaco, que presentemente, é o conhecido como Hotel Palace Buçaco. Aqui podemos ver os fabulosos Jardins – principalmente o “Jardim Novo” com a Cascata de Santa Teresa e o Vale dos Fetos que liga ao lago grande.

Um dos ex-lbris da Mata do Buçaco é O cedro-do-Buçaco, possui cerca de 32.9 m, e a sua plantação remonta a 1644, foi a primeira espécie exótica introduzida no Buçaco.

Outra atração do Buçaco, é a Via Sacra ou Via Crucis, surgiu em1644.

O Luso é uma vila termal, cujas águas provêm as águas do lençol do Bussaco. As termas do Luso são procuradas para tratamento de problemas renais e males da pele.

No centro da Vila, existe uma fonte onde centenas de garrafões de água são enchidos por dia – a Fonte de São João.  Na fonte é possível apreciar os azulejos que contam a história dos “burriqueiros”, os habitantes da terra que no inicio do sex. XX, usavam os burros para transportar os visitantes à mata ou transportar a água para outras localidades

Esta vila é também procurada por várias entidades desportivas, devido as excelentes infraestruturas que possui, nomeadamente, o Centro de Estágios, as piscinas e o Pavilhão.

Em Coimbra vamos ter uma visita panorâmica para logo embarcar no Basófias, já a bordo, e,  durante 50 min,  a partir do Rio Mondego vamos descobrir Coimbra de uma perspetiva diferente, avistando alguns dos seus pontos mais cruciais: Ponte do Açude, Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, Seminário Maior de Coimbra, Ponte de Santa Clara, Estação do Caminho-de-ferro, Sé Velha de Coimbra, Universidade de Coimbra, Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, Ponte Pedro e Inês, Pavilhão Centro de Portugal, Ponte Rainha Santa, Lapa dos Esteios e o Rio Mondego.

Leave your comment
Comments
Algarve tem saídas de onde?
Guest on 05/09/2020 21:05